mapLocalização
Veja o Mapa
mapMissas dominicais
7h, 9h, 11h e 19h

3295-3741

Sobre a Violência

Sobre a Violência


A imprensa apresenta-nos estatísticas preocupantes sobre o crescimento da violência em todas as grandes cidades do nosso país. Muitas explicações, muitas propostas de soluções e a violência sempre aumentando. Alguns insistem, com razão, nas causas estruturais como a má distribuição de renda. Outros apostam no desaparelhamento policial e na inoperância do sistema penal e penitenciário. Sem dúvida, são todos fatores desencadeadores ou facilitadores da violência. Talvez o mais decisivo é o círculo vicioso formado pelo consumo e tráfico de drogas. 

Mas há uma razão permanente e subjacente que pode explicar o rompimento e a degradação do tecido social: a idolatria do consumo e do prazer circunscrita à voracidade de uma sexualidade sem limites vinculada à ilusão das drogas. Estamos fabricando deuses assassinos e nos curvamos diante deles em total dependência e submissão. A ética produzida por esta religião demoníaca é a total falta de ética. Um completo achatamento dos valores. Uma sofreguidão em sorver as gotas fugazes de uma felicidade ilusória conquistada com a imolação de centenas de vítimas humanas. 

O Evangelho de Cristo mais do que nunca precisa ser anunciado e acolhido para a salvação da vida e a redenção do homem. Os valores do Reino de Deus convivem com todas as sinceras buscas de soluções para o problema da dilaceração da vida humana. Mas todas as buscas, a meu ver, correm o risco de se tornarem inférteis se a cultura paganizada não permitir o suave sopro da bondade e do amor de Deus num mundo tão frio e ao mesmo tempo tão sequioso de paz. Abramos as portas ao Redentor. Não tenhamos medo. Jovens, deixem-se invadir pela presença amorosa do Senhor. Voem alto! Não se conformem com a mediocridade e a ausência de sentido que este mundo lhes oferece. Naveguem para águas mais profundas. Bebam da fonte pura para desalterar suas almas ressequidas. É preciso crer na vida, no amor que não passa. É preciso construir a esperança tecida pacientemente, silenciosamente, até dolorosamente porque esta esperança se situa para além do tempo. É preciso, principalmente amar sem reservas. Um amor cujo único consolo e alegria é o próprio ato de amar. Só Cristo viveu assim e só Ele nos faz viver assim. 

 

Padre José Cândido da Silva 

Pároco da Igreja São Sebastião - Barro Preto


 

Localização

      
        

holy bible