mapLocalização
Veja o Mapa
mapMissas dominicais
7h, 9h, 11h e 19h

3295-3741

Família, A Primeira Escola de Fé e Honestidade

Família, A Primeira Escola de Fé e Honestidade


Li, faz um mês, com profunda comoção, a história de um adolescente de 17 anos que no seu trabalho humilde encontrou uma carteira com documentos, cheques e uma quantia muito grande em dinheiro. o rapaz, filho de mãe viúva conseguiu localizar o proprietário, através do banco e devolveu tudo a ele sem tocar em nada. Quando perguntado o que o levou a tomar esta atitude afirmou com muita simplicidade que aprendera com sua mãe desde pequeno de jamais se apossar de algo que não lhe pertencia. Ao encontrar a carteira logo levou para casa e entregou á sua mãe para que ela encaminhasse o processo de devolução. A serenidade com a qual o rapaz expôs seus valores aprendidos na família, com a mãe que ele amava, comove qualquer pessoa. Esta história real mostra como se moldam as pessoas de bem. A família é a primeira escola de valores humanos e cristãos. Tirando o caso de doença ou loucura não existe possibilidade de uma família realmente bem estruturada, bem fundada no amor incluir no seu seio filhos desonestos, pilantras e delinquentes. Isto é balela! por mais que possa haver influências externas a personalidade básica com os valores fundamentais é moldada em casa. Porém, não basta um membro isolado da família. é preciso que esta estrutura de solidez moral esteja fincada em toda a extensão do grupo familiar. Pai, mãe, avós, tios. Qualquer brecha é danosa para a formação da personalidade. Meu dedicado leitor certamente irá concordar comigo quando olhar exemplos do seu próprio mundo relacional. Costumamos chamar de “ovelha negra”, aliás, um nome pouco adequado, aquele membro da família que costuma ser diferente do resto. Numa família bem estruturada existem estas “ovelhas diferentes”. porém nunca no sentido da pilantragem e da desonestidade. É aquele membro mais questionador, algumas vezes meio que revoltado, enfim, problemático, mas não mau! o problema atual no nosso país, no entanto, é de outra ordem. Cada vez escasseiam as famílias bem estruturadas. Fundadas no sacramento do matrimônio, no amor e temor reverencial de deus, alicerçadas numa vida de oração e alimentadas pelos sacramentos, especialmente a eucaristia dominical. Numa confluência quase diabólica a dilaceração da dignidade da família produz a apatia ética ou até certa exaltação dos comportamentos imorais apresentados como referencial simbólico nos programas de televisão. O pan, já terminado trouxe-nos além das merecidas medalhas, exemplos de brasileiros e de famílias que dignificam a nossa gente. Como o caso do adolescente anônimo. Muito diferente da nossa elite dirigente que nos envergonha!

 

Padre José Cândido da Silva 

Pároco da Igreja São Sebastião - Barro Preto


 

Localização

      
        

holy bible