mapLocalização
Veja o Mapa
mapMissas dominicais
7h, 9h, 11h e 19h

        3295-3741

Angústia e Esperança

Angústia e Esperança


A angústia é irmã gêmea da esperança, mesmo sendo de humores diferentes. Ambas dizem respeito ao futuro e ambas lidam com possibilidades. A angústia se distingue do temor e a esperança se distingue da alegria. Temor e alegria têm causas determinadas. Angústia e esperança não têm objetos definidos. A vida do homem no mundo é sempre uma possibilidade. Pois somos projetados para o futuro e é nele que repousam nossas expectativas. O nosso drama é que as possibilidades imprevisíveis de realização das expectativas alegres são as mesmas de um futuro desastroso. No possível tudo é possível, dizia Kierkegaard. O futuro de cada ser humano sempre oculta uma alternativa real e imanente de insucesso, de fracasso e de morte. A morte certamente com a sua inevitabilidade encerra o percurso humano de maneira melancólica. Quando alguém toma verdadeiramente consciência disto percebe a vaidade ou a inutilidade de toda prudência e cuidado. Só restam as duas alternativas: a angústia ou a esperança. Optar pela angústia pode significar o refúgio na arrogância e no encastelamento de si mesmo. Optar pela angústia significa a escolha embrutecida das drogas, do prazer destrutivo, da sensação inebriante da adrenalina em jogos de risco e de morte. Optar pela angústia pode ser também o cultivo do ódio surdo e reprimido ou o abandono ao cinismo e apatia. Optar pela angústia é abreviar e antecipar a ruína aguardada para o fim. Optar pela esperança não elimina a angústia, mas não significa uma opção por ela. O fundamento da esperança é a Fé. Optar pela esperança é o enfrentamento corajoso das limitações da existência. Optar pela esperança é transformar as situações de sofrimento em arsenal para a própria maturidade pessoal. Optar pela esperança é se perceber atraído pelo sol ainda que ele não esteja brilhando e saber que ele está lá mesmo quando há trevas. Optar pela esperança é a capacidade de correr o risco de se entregar ao amor sem medo de perder-se no outro e, caso isto aconteça, ter a coragem de recolher os cacos da própria identidade e recomeçar. Optar pela esperança é recomeçar a cada dia. Pois só é capaz de esperar quem crê, mesmo nas incertezas, e quem ama, mesmo no sofrimento. Angústia e esperança, irmãs gêmeas, tão próximas e tão distantes! 

 

Padre José Cândido da Silva

Pároco da Igreja São Sebastião - Barro Preto


 

Localização

      
        

holy bible